Abril 25, 2024

Parentes de família morta em Niterói dizem não ter dinheiro para o enterro: ‘Não sabemos o que fazer e para onde levar’, diz tio

0

Parentes da técnica de enfermagem Rayssa dos Santos Ferreira, de 23 anos, que morreu junto com o marido e o filho de colo num ataque a tiros no carro onde estavam, no fim da noite deste domingo (17), em Niterói, revelaram a amigos que não têm dinheiro para o enterro. Foi aberta uma vaquinha para arrecadar fundos.

Liberados pela perícia nesta segunda (18), os corpos de Rayssa e do marido, o gesseiro Filipe Rodrigues, de 24, estão no Instituto-Médico Legal (IML) de Niterói. Já de Miguel Filipe dos Santos Rodrigues, de apenas 7 meses, está no IML de Tribobó, em São Gonçalo.

Na manhã desta terça (19), os familiares de Rayssa e de Filipe tentarão três gratuidades para que os corpos sejam sepultados.

Enquanto isso, a polícia tenta entender o que motivou o triplo homicídio. Uma das linhas de investigação é de que a família pode ter sido assassinada por uma dívida de R$ 5 mil.

Fonte: G1

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *