Marido saía para trabalhar e deixava a esposa e três crianças de 7, 9 e 15 anos trancadas

Graças a uma ação de três policiais militares, foi resgatada, na noite desta terça-feira (27), uma família de quatro pessoas que vinham sendo mantidas em cárcere privado. Há cerca de sete meses, uma mulher de 43 anos e seus filhos de 7, 9 e 15 anos estavam presos numa casa de apenas um cômodo na região do Calabar, em Salvador. O companheiro da mulher os mantinha presos sempre que saía para trabalhar e, na operação, o cadeado precisou ser arrombado porque a mãe das crianças não tinha a chave. O homem está sendo procurado.

Comandante da Base Comunitária de Segurança do Calabar (BCS), a capitã Aline Muniz conta que tanto as crianças quanto a mulher relataram acontecimentos que se configuram como violências físicas e psicológicas. A mulher tinha um ferimento na cabeça, proveniente de uma briga com o marido, identificado como Fábio Renato Santos Lopes.

A casa onde estavam tinha condições sub-humanas, com um fogão de lenha improvisado, pouca ventilação, fiação exposta e sem reboco. Ainda segundo a capitã, o imóvel foi cedido à família por um parente, que o solicitou de volta, mas Fábio Renato se negou a entregar. Ele costumava sair para o trabalho e igreja e deixar todos em casa. Antes da pandemia, as crianças frequentavam a escola, mas desde que o ensino foi suspenso elas passaram a ficar trancadas.

“Quando chegamos, éramos duas policiais femininas, e nós sentimos logo que a mulher estava sofrendo violência doméstica. Começamos a conversar e, por medo, ela não contava o que estava passando. Abri a tela de proteção que tinha na grade e enxerguei as crianças. A mãe me disse que tinha nascido no interior e eu perguntei para as crianças onde elas preferiam estar, se era naquela casa ou no interior, e elas foram unânimes em dizer que no interior. Naquele momento, a gente resolveu arrombar o cadeado”, narra a capitã.

Com a entrada e o contato mais próximo, a família passou a se abrir e conversar mais. A mulher contou que há mais de 15 anos não tem contato com a família dela e que vivia sob o medo de apanhar do marido. Mesmo quando ele deixava a chave do cadeado, ela não saía por receio de que ele se irritasse. As situações relatadas foram levando as PMs e a mulher às lágrimas. A guarnição então levou os quatro para a Delegacia Especial de Atendimento à Mulher de Brotas (Deam) para poder ouví-los, registrar o caso e solicitar a medida protetiva à justiça para que Fábio Renato não se aproxime deles.

As crianças disseram que estavam com fome e a guarnição as levou em seguida para um passeio no MC Donald's. “Aproveitei e perguntei o sonho de cada um. O de sete disse que queria brinquedos. O de 15 anos disse que queria ser policial militar e o de nove anos disse que o sonho dele tinha sido realizado naquele dia, que era sair daquela casa. A gente começou a ver o sorriso no rosto da mãe”, emociona-se a comandante.

A família agora está sob proteção de uma casa de acolhimento municipal. A Secretaria de Promoção Social e Combate à Pobreza (Sempre) informou que está prestando apoio em caráter emergencial e, no local, os quatro estão recebendo atendimento psicossocial. A família também está sendo cadastrada para possíveis encaminhamentos para serviços na rede de garantia de direitos, “a fim de auxiliar a família a superar a situação de risco social com iminência de morte, e adquirir a autonomia necessária para gerir a própria vida sociocomunitária”, afirma o órgão.

De acordo com a Polícia Civil, diligências estão sendo realizadas para localizar o companheiro suspeito do crime. O CORREIO procurou o Conselho Tutelar que atende a região para saber se a instituição foi acionada, mas não teve resposta até a publicação desta matéria.

Fonte: Correio24h

Ação conjunta apreende drogas em Itacaré

Itacaré: Vinte e cinco pedras de crack, seis papelotes de cocaína, três porções de maconha, R$ 70 e anotações com a contabilidade do

Acusado de estuprar enteada de oito anos é preso em Simões Filho

  Simões Filho: Um homem foi preso no sábado (31) por investigadores da 22ª Delegacia Territorial (DT), de Simões Filho, após ser acusado de

Operação Terra Firme resulta em mais uma prisão

Itapetinga: Um suspeito de receptação foi preso, na manhã desta quinta-feira (29), durante diligências da 2ª fase da Operação Terra Firme,

Mãe é presa por consentir estupro da filha em Ribeira do Pombal

Ribeira do Pomba: Acusada de consentir e obrigar a filha a ser estuprada pelo padrasto, uma mulher teve o mandado de prisão preventiva cumprido,

Homem é morto por motoqueiros no bairro Urbis III em Eunápolis

Eunápolis: Rodrigo do Nascimento Novaes, 27 anos, estava próximo a um posto de saúde, quando, segundo testemunhas, foi surpreendido por dois

Mulher e bebê morrem após homem negar assistência durante trabalho

Um homem foi preso em flagrante por omissão de socorro, após se negar a dar assistência a companheira durante o trabalho de parto, na noite de

Presa dupla suspeita de estuprar quatro irmãs em Araçás

Dois suspeitos de estuprar quatro irmãs tiveram os mandados de prisão cumpridos, pela Delegacia Territorial (DT) de Araçás, na sexta-feira

Homem morre eletrocutado enquanto realizava obra em sua casa

Porto Seguro: Um homem morreu eletrocutado enquanto realizava uma obra em sua casa. O acidente ocorreu por volta das 6h30 da manhã desta

Polícia localiza imóvel usado para guardar drogas

Santo Antônio de Jesus: Novecentos gramas de crack e mais 12 pedras da droga, 55 porções de maconha, 200 pinos vazios para acondicionar

Preso homem que tentou matar três pessoas em Ilhéus

Com três mandados em aberto expedidos pela 1ª Vara do Júri da Comarca de Ilhéus, um homem de 23 anos foi preso, na manhã de quarta-feira (21),

Nossos Apoiadores: