O brasileiro Ítalo Ferreira conquistou a primeira medalha de ouro da história do surfe nas Olimpíada, ao derrotar o japonês Kanoa Igarashi na final dos Jogos de Tóquio.

O surfista potiguar, de 27 anos, terminou a bateria decisiva com 15,14 pontos, contra 6,60 de Igarashi na praia de Tsurigasaki, que fica no município de Chiba, a 100 quilômetros da capital japonesa.

O australiano Owen Wright levou o bronze, ao superar o outro brasileiro que estava na competição, Gabriel Medina, na decisão do terceiro lugar (11,97 a 11,77).

O surfe é um dos esportes incluídos no programa de Tóquio-2020 pelo Comitê Olímpico Internacional (COI) para tentar atrair uma audiência mais jovem.

E assim como no caso do skate (com as pratas de Kelvin Hoefler e Rayssa Leal na categoria street), a nova modalidade olímpica deu muitas alegrias ao Brasil.

Ítalo Ferreira confirmou a ótima fase (campeão mundial em 2019, segundo lugar no ranking mundial de 2021) e subiu ao lugar mais alto do pódio.

"Eu vim com uma frase para o Japão: diz amém que o ouro vem. Eu treinei muito nos últimos meses, mas só tenho que agradecer a Deus por tudo. Meu intuito é ajudar as pessoas e as famílias", declarou após a conquista à Rede Globo

"Eu queria que a minha avó estivesse viva para ver isso. Sou muito feliz pelo que me tornei, pelo que fiz pelos meus pais. Sempre pedi para que esse sonho fosse realizado e aconteceu", completou o potiguar.

Na final, Ítalo levou um susto nos primeiros minutos: sua prancha quebrou e ele precisou trocar por uma peça reserva. Mas depois do problema, ele dominou completamente a decisão.

O ouro olímpico é mais uma conquista triunfal em uma carreira que começou com muitas dificuldades: Ítalo começou a domar as ondas usando como prancha uma tampa de isopor da caixa térmica onde seu pai guardava os peixes que vendia.

Ainda no início, às vezes, seus primos emprestavam uma prancha para enfrentar o mar em Baía Formosa, cidade do Rio Grande do Norte, onde nasceu há 27 anos.

O Brasil teve chances de conquistar outra medalha na primeira disputa da história do surfe olímpico, mas Gabriel Medina (campeão mundial em 2014 e 2018, atual líder do ranking mundial) foi derrotado nos últimos minutos das semifinais pelo japonês Igarashi. Na disputa do bronze, ele perdeu por apenas 0,20 ponto para o australiano Owen Wright.

A medalha de Ítalo é a quinta do Brasil nos Jogos Olímpicos de Tóquio. Além das pratas do skate, o país conquistou dois bronzes, um no judô (Daniel Cargnin na categoria até 66 kg) e outro na natação (Fernando Scheffer nos 200 metros livre).

Fonte: Atarde

Robson Conceição começa melhor, mas perde disputa pelo título

O boxeador baiano Robson Conceição foi derrotado pela primeira vez na carreira e adiou o sonho de conquistar um título mundial em luta nesta

Skate street: Rayssa ganha etapa no Mundial nos EUA

Medalhista de prata na Olimpíada de Tóquio, Rayssa Leal, de apenas 13 anos, não para de crescer. A maranhense conquistou, ontem, o título da

Hebert Conceição pede recepção sem aglomeração: "Bora 'Baêa'

Após conquistar o ouro em Tóquio, Hebert Conceição fez agradecimentos, bem como aos familiares e amigos, do Comitê Olímpico do Brasil e não

Ouro: Brasil bate Espanha e é bicampeão olímpico no futebol

O Brasil venceu a Espanha na prorrogação e sagrou-se bicammpeão olimíco no futebol masculino pela segunda vez seguida, na Olimpíada de

Rebeca Andrade conquista a medalha de ouro para o Brasil no salto

A brasileira Rebeca Andrade conquistou a medalha de ouro no salto da ginástica artística dos Jogos Olímpicos de Tóquio-2020 neste domingo, 1º.

Nos pênaltis, Brasil perde para o Canadá e sonho do ouro olímpico

Teve fim o sonho da primeira medalha de ouro olímpica para o futebol feminino nas Olimpíadas de Tóquio. Após um jogo tenso, disputado e que

Fla bate Chape de virada e volta a vencer no Brasileiro

Renato Gaúcho acompanhou a vitória por 2 a 1 das tribunas Com o novo técnico, Renato Gaúcho, acompanhando das tribunas do Maracanã, o

Seleção masculina de handebol é onvocada para Tóquio 2020

Estreia do Brasil será contra Noruega, em 24 de julho, às 21h A seleção brasileira masculina de handebol vai à Olimpíada de Tóquio

Com gol de Paquetá, Brasil vence Peru e vai à final da Copa

A Seleção Brasileira está na final. Na noite desta segunda-feira, 5, a Canarinho triunfou sobre o Peru pelo placar mínimo, no estádio Nilton

Desporto faz disparar Apostas ao vivo

Conteúdo patrocinado É sabido que a Covid e os confinamentos adiaram as grandes competições desportivas agendadas para 2020. Assim, este ano, a

Nossos Apoiadores: