Paulo Sérgio Ferreira, 37 anos, suspeito de assassinar com 12 facadas o mestre de capoeira Moa do Katendê, de 63 anos, em 8 de outubro do ano passado, vai a júri popular no dia 11 de setembro deste ano, às 8h30, no Fórum Ruy Barbosa. Conforme informações do Tribunal da Justiça da Bahia (TJ-BA), a sessão foi estabelecida na última terça-feira. Ele será julgado por homicídio duplamente qualificado por intenção fútil e impossibilidade de defesa da vítima.

O TJ-BA já havia divulgado, em abril passado, que Paulo Sérgio iria a júri popular, mas a data ainda não tinha sido definida. Sérgio tornou-se réu após a Justiça aceitar a denúncia do Ministério Público Estadual da Bahia (MP-BA) no dia 22 de outubro de 2018.

Conforme informações do promotor de Justiça do MP-BA, Davi Gallo, a pena terá um acréscimo por conta da idade de Moa. "A Constituição Federal prevê que os crimes dolosos contra a vida sejam sempre julgados por tribunal popular. O juiz que fundamenta essa decisão, mas eu não creio que essa pena passe de 25 anos de reclusão", frisou.

O julgamento será presidido pela juíza Gelzi Maria Almeida e o promotor Cássio Marcelo Santos. O suspeito que está detido em regime fechado, sendo condenado, dependendo do recurso ou não, pode ser encaminhado para a Penitenciária Lemos de Brito, na capital baiana.

"Por ser um caso que movimentou o mundo, além de ter tido tramitação rápida na Justiça, fiquei muito feliz. Vamos dar um basta e solucionar esse caso. Que seja feita Justiça" disse a filha de Môa, Jesse Mahi.

Relembre o caso

O mestre de capoeira e compositor Romualdo Rosário da Costa, conhecido como Moa do Katendê, foi morto a facadas na noite de 7 de outubro de 2018. O crime aconteceu após uma discussão sobre política no Bar do João, no Engenho Velho de Brotas, em Salvador.

O autor do crime, Paulo Sérgio, eleitor do então candidato à presidência Jair Bolsnaro, não concordou com a posição política de Moa, que era contrária e estava com um grupo que votava no PT. O criminoso foi em casa, pegou uma faca e desferiu 12 golpes contra a vítima. Sérgio foi preso e confessou o crime à polícia, segundo informações da Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP-BA).

Fonte: Atarde


Jornalista é vítima fatal de queda de avião em Maraú

A jornalista e relações públicas, Marcela Brandão Elias, foi a vítima fatal do acidente aéreo que ocorreu na última quinta-feira, 14, no

Trio é flagrado com quase um quilo de drogas em Eunápolis

Eunápolis: Quase um quilo de drogas foi apreendido no município de Eunápolis, no início da manhã de sexta-feira (15). Segundo policiais

Incêndio destrói oca usada para rituais indígenas em aldeia

Porto Seguro: Um incêndio destruiu o Centro de Cultura Indígena localizado na aldeia Barra Velha, no distrito de Caraíva, em Porto Seguro,

Motociclista fica ferido após bater moto frontalmente em picape

O acidente automobilístico aconteceu na noite desta quinta-feira, dia 14 de novembro, na rodovia BA-290, trecho entre Teixeira de Freitas e

7 mil pescadores e marisqueiras prejudicados por óleo na Bahia

Até esta terça-feira, 12, sete mil pescadores e marisqueiras que tiveram as atividades prejudicadas pelo óleo, que atingiu o Nordeste

Idoso e adolescente são atingidos por tiros em Belmonte

Belmonte: Um idoso de 62 anos e um adolescente de 16 anos foram atingidos por tiros no bairro Ponta de Areia, em Belmonte, por volta das 20h de

Polícia apreende arma, drogas e munições na Bahia

Material foi localizado durante o cumprimento de um mandado de busca e apreensão, realizado por policiais da DT, daquela cidade Um revólver,

Eunápolis: Recuperado carro que não foi devolvido após locação

Eunápolis; Uma motorista de 28 anos foi detida no início da manhã desta terça-feira (12). Ela é suspeita de apropriar indebitamente de um

Mulher relata, coceira, dores e febre após contato com óleo

Tailane ficou três dias de cama e teve manchas vermelhas nas nádegas e no joelho Uma mulher afirma que teve manchas vermelhas na pele, coceira,

Polícia investiga assassinato de homem de 22 anos em Eunápolis

Eunápolis: A polícia vai abrir investigação para tentar esclarecer o assassinato que ocorreu por volta das 22h30 de sábado (09), na cidade de

Nossos Apoiadores: