O governo do estado depositou R$ 250 milhões, nesta quarta-feira, 7, no Fundo Garantidor para Construção da Ponte Salvador-Itaparica (Sistema Viário Oeste). A quantia faz parte do compromisso firmado no contrato que prevê a implementação do projeto de Parceria Público-Privada (PPP).

Com quase 12,5 quilômetros de extensão, o equipamento terá investimento de R$ 5,4 bilhões e aporte total do Estado de R$ 1,5 bilhão, sendo destinado a ser a maior ponte sobre lâmina d’água da América Latina. As obras devem começar no final de 2021, com duração de quatro anos.

Durante a construção, estima-se que oito mil novos empregos sejam gerados. A obra ficará a cargo do consórcio vencedor da licitação realizada em 2020, formado pelas empresas China Communications Construction Company (CCCC Ltd), CCCC South America Regional Company (CCCCSA) e China Railway 20 Bureau Group Corporation (CR20).

A expectativa é que a construção da ponte beneficie diretamente aproximadamente 4,4 milhões de pessoas na Região Metropolitana de Salvador (RMS). Além disso, mais de 5,4 milhões de baianos serão beneficiados indiretamente em outros 100 municípios do Recôncavo e do Baixo Sul do estado.

De acordo com estudo realizado baseado em metodologia do Banco Mundial, a previsão é que os recursos públicos investidos tenham retorno de até 3,6 vezes quando o equipamento estiver em plena operação.

Obra

A ponte contará com duas pistas, cada uma delas com duas faixas e acostamento. Ainda haverá um trecho estaiado de 860 metros. A manutenção e administração do sistema ficará sob responsabilidade do consórcio chinês pelos próximos 30 anos.

No início da operação, a expectativa é que seja atingido um fluxo de 28 mil veículos por dia. Na capital baiana, a ponte será acessada na região de Água de Meninos. Já em Itaparica, a cabeceira do equipamento ficará na região da Gameleira.

Fonte: Atarde

Para Robertinho os primeiros 100 dias foram essenciais para os

Mucuri: O prefeito Roberto Carlos Figueiredo Costa, o “Robertinho” (DEM) ciente do tempo que precisaria no primeiro semestre de 2021 para

Eventos estão proibidos em 99 municípios de seis regiões da Bahia

O decreto n° 20.397, de 13 de abril, publicado nesta quarta-feira (14) no Diário Oficial do Estado, esclarece que festas e shows seguem proibidos

Caixa prorroga prazo de contestação do auxílio emergencial

Auxílio emergencial negado a partir do dia 10 de abril poderão apresentar a contestação sobre a negativa O Ministério da Cidadania

CPI da Pandemia investigará governo e repasse dos estados

CPI foi criada por ordem do STF. Presidente do Senado unificou na mesma comissão pedidos de investigação do governo federal e fiscalização de

Governo do estado volta a permitir eventos com até 50 pessoas na

O governador da Bahia, Rui Costa (PT), voltou a permitir a realização de eventos com até 50 pessoas na Bahia. Desde 4 de dezembro do ano

Rosa Weber suspende trechos dos decretos de armas de fogo

Decisão atinge trecho que autorizava cidadão comum a registrar até seis armas de fogo e trechos que ampliavam limites para compra de munição.

Governo prorroga toque de recolher e proibição de eventos e aulas

O Governador do Estado, Rui Costa, decidiu prorrogar o toque de recolher, a proibição das aulas presenciais e a suspensão de eventos em toda a

Mais da metade dos beneficiários gasta auxílio de forma digital

Presidente da Caixa participou do programa A Voz do Brasil Mais da metade das pessoas que recebem o auxílio emergencial gastam o benefício

Auxílio Emergencial 2021: Caixa paga 1ª parcela

Data é para beneficiários fora do Bolsa Família. Para quem é do programa, pagamentos começam em 16 de abril e seguem o número do

Bolsonaro sanciona a nova Lei do Gás

O presidente Jair Bolsonaro sancionou nesta quinta-feira, 8, o Projeto de Lei 4.476 de 2020, que trata do novo marco regulatório do setor de gás.

Nossos Apoiadores: