Processo é referente ao não pagamento de um imóvel do cantor e de sua mulher, a dançarina Carla Perez, localizado em Lauro de Freitas

A Justiça da Bahia decidiu penhorar os cachês dos shows do cantor baiano Xanddy, vocalista do Harmonia do Samba. A medida visa obter recursos para pagar uma dívida que atualmente é superior a R$ 5 milhões para a empresa South América Serviços e Assessoria Logística.

O processo, movido desde 2005, é referente ao não pagamento pela venda de um imóvel do cantor e de sua mulher, a dançarina Carla Perez, localizado na cidade de Lauro de Freitas, perto de Salvador (BA). A decisão é da juíza Luiza Elizabeth de Sena Sales Santos.

Em entrevista à Quem, Mohamad Fahad Hassan, advogado da empresa, comentou a decisão. “A credora descobriu que o cantor vem fazendo apresentações pela internet (lives) e que tem um show agendado para acontecer logo depois do fim do isolamento determinado pela crise da Covid-19. Diante disso, pediu a penhora dos valores que o cantor tem para receber com essas apresentações. A juíza do processo deferiu a penhora e mandou intimar a produtora dos eventos e também o Youtube para que depositem todos os valores judicialmente, em favor da credora”, explicou Mohamad.

Entenda

O casal Xanddy e Carla Perez foi condenado a pagar a dívida, que atualmente é superior a R$ 5 milhões, em setembro do ano passado. Os artistas não teriam pago a empresa South América Serviços e Assessoria Logística pela compra de um imóvel em 2003.

O jurídico da empresa disse, na época, que a companhia firmou acordo com Xanddy e Carla para negociação de um imóvel localizado em Lauro de Freitas. O casal teria se comprometido a pagar R$ 700 mil em cinco parcelas (com início em novembro de 2003 e última parcela em março de 2004).

Entretanto, os dois não teriam honrado nenhuma parcela do acordo. Por conta disso, em junho de 2005, a South América entrou com ação exigindo o recebimento integral das promissórias, acrescido de multas e honorários, totalizando R$ 1,12 milhão. Nesses 14 anos de processo em aberto, a quantia subiu para R$ 5,11 milhões, com juros e correções. (Um dos representantes jurídicos dos artistas enviou nota de resposta ao CORREIO depois. Leia mais abaixo).

Em agosto de 2018, o juiz André de Souza Vieira autorizou a verificação judicial de contas bancárias de Xanddy e Carla Perez. A Justiça encontrou R$ 28 mil em contas bancárias de Xanddy. Nas contas de Carla, foram encontrados apenas R$ 57. Os valores das contas do casal não chegaram a ser bloqueados.

De acordo com o Uol, a empresa apresentou à Justiça as cinco promissórias que supostamente foram dadas como garantias de pagamento. Xanddy e Carla Perez não quitaram nenhuma delas.

Em novembro de 2005, o Tribunal reconheceu a existência da dívida e determinou a citação dos réus. A Justiça penhorou dois terrenos do casal, localizados em Lauro de Freitas (BA). Xanddy foi intimado por um oficial de Justiça em 2008.

Em janeiro de 2019, a defesa de Xanddy e Carla solicitou embargo de declaração contestando o autor do processo. Os advogados do casal informaram à Justiça que, ao contrário do que acusa o jurídico da South América, não há qualquer prova de ocultação de bens.

A defesa do casal acrescentou que o Tribunal acertou ao indeferir o bloqueio de ativos de contas ligadas ao casal, pois "a ação de execução está devidamente garantida pelo imóvel objeto da ação, sendo este suficiente para garantir o valor atualizado da dívida".

Além disso, os advogados dos réus destacaram à Justiça que correm duas ações registradas por Xanddy e Carla Perez contra a South América, "de modo que a execução definitiva somente deverá ocorrer após o trânsito em julgados dos processos conexos".

Posicionamento

Dois dias depois da notícia da condenação ser publicada, os representantes dos artistas baianos responderam a uma série de perguntas enviadas pelo CORREIO, por meio de uma nota. Leia o comunicado na íntegra:

“A South América jamais apresentou a escritura do imóvel que lhe outorgava direito a propriedade, nem mesmo a certidão da matricula, em que constasse como proprietária, mas apenas um contrato particular firmado com o verdadeiro proprietário em que este supostamente passava à empresa os direitos sobre o imóvel. Sendo assim, ela jamais foi proprietária do imóvel, e, pior, estava sofrendo questionamento judicial formulado pelo antigo proprietário em relação ao suposto contrato que firmou com a South América, em que essa adquirira os direitos sobre a propriedade. Tendo conhecimento disso, Xanddy e Carla suspenderam o negócio e se recusaram a efetuar qualquer pagamento até que as irregularidades fossem sanadas pela empresa, fato que jamais ocorreu.

Sem direito algum, a South América, ingressou com ação de execução, visando o recebimento do valor ofertado, mesmo jamais tendo sido proprietária do imóvel e, portanto, podido vendê-lo.

Diante de todo o ocorrido, com o intuito de se proteger e minorar os enormes prejuízos que já haviam sofrido, Xanddy e Carla ingressaram com ação judicial para anular o contrato firmado com a South América, tendo em vista que claramente foram induzidos a erro para comprar um imóvel de quem jamais foi o real proprietário, estando o referido processo ainda pendente de julgamento no tribunal.

Reitero a idoneidade do casal ao qual justifico, que nunca se envolveu em questões que desabonassem a sua conduta, sobretudo, dessa natureza. Infelizmente, por vezes, falta responsabilidade e clareza de algumas empresas na realização de negócios, e, pior, colocando em risco a imagem de pessoas honestas e de reconhecido caráter.  Seguimos na busca dos direitos de Xanddy e Carla, certos de que há provas cabais da irregularidade da tentativa de venda praticada pela South América”, explica Leandro Neves, advogado do casal, também sócio da advocacia Neves Souza."

Fonte: Correio24h

Ajude a quem precisa: Lojas Maçônicas promovem Drive Thru

Teixeira de Freitas: As lojas maçônicas de Teixeira de Freitas, Redenção do Extremo Sul, Profeta Issa, Caridade e Sigilo e Villa-Lobos se

Homenagens ao padroeiro da cidade ganha carreata

O Padroeiro de Teixeira de Freitas foi celebrado com recursos virtuais e métodos de prevenção para a COVID-19. Com todos os cuidados, as

Arthur Aguiar admite traições e rebate Mayra Cardi: 'Não sou

Coach publicou desabafo no qual expôs situações vividas com o ex-marido e disse que viveu relacionamento abusivo Após a coach, ex-BBB e

Argentinos monitoram nuvem de gafanhotos

Autoridades pedem que população avise se avistar os insetos O Serviço Nacional de Saúde e Qualidade Agroalimentar da Argentina (Senasa) pede

“Fiquei sem chão”, diz Eliana após descobrir que está com

Apresentadora afirmou que a família testou negativo para a doença A apresentadora Eliana Michaelichen testou positivo para o novo coronavírus.

Entenda por que 'Dark', da Netflix, se tornou um fenômeno

Após duas temporadas de sucesso, Dark, série alemã da Netflix, chega ao fim se firmando entre as séries que fazem história Protagonizada

Bruce Willis volta às telas, desta vez como o vilão de 'Reactor'

O ator reedita parceria com o diretor Jared Cohn no filme sobre a invasão de uma usina nuclear O ator Bruce Willis volta ao gênero que o

Moraes substitui prisão de Sara Winter por medidas cautelares

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes mandou soltar a ativista Sara Fernanda Geromini, conhecida como Sara Winter. Ela

20 anos após primeiro filme, Fuga das Galinhas 2 é anunciado

Uma das animações stop motion mais aclamadas pela crítica, A fuga das galinhas vai ganhar uma continuação, 20 anos após o lançamento do

Instagram lança função que permite gravar vídeos como ao TikTok

O Instagram anunciou nesta terça-feira, 23, o lançamento da função Reels, que adiciona um novo espaço para vídeos curtos com efeitos ou

Nossos Apoiadores: