Público-alvo são professores e divulgadores de ciência

Os corpos celestes, como estrelas, planetas, cometas, nebulosas, aglomerados de estrelas e galáxias, e os fenômenos que se originam fora da atmosfera da Terra estão entre os temas do 21ª Curso de Introdução à Astronomia e Astrofísica (CIAA, promovido pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), unidade do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações.

Com atividades online, o curso será realizado nos dias 9, 11, 13, 16, 18 e 20 de agosto deste ano e as inscrições podem ser feitas até o próximo dia 20 de junho na página do Inpe na internet. O curso é gratuito.

O CIAA 2021 é online e é dirigido a professores do ensino fundamental e médio ligados à área de ciências, de disciplinas como física, química, biologia, matemática, geografia e história, assim como a estudantes universitários a partir do terceiro ano de graduação em ciências exatas. Outros profissionais ligados diretamente à área de educação e divulgação de ciências também são incentivados a participar. O curso deste ano tem também o objetivo de receber participantes de países de língua portuguesa.

Além de abordar a astronomia do dia a dia, o curso abrange sistema solar, estrelas, galáxias, cosmologia, astrobiologia, astrofísica de altas energias e ondas gravitacionais, informa o pesquisador André de Castro Milone, mestre em astronomia pela Universidade de São Paulo (USP).

“Os dois primeiros temas estão diretamente ligados à Base Nacional Comum Curricular do Ensino Médio (BNCC, MEC 2018) e foram também incluídos na grade de conteúdos do ensino fundamental. Astronomia no dia a dia engloba os tópicos dias e noites, estações do ano, calendário solar, fases da lua, eclipses da lua e do sol e marés dos oceanos. Sistema Solar abrange introdução histórica, sol, planetas e corpos menores, dinâmica, formação e outros sistemas planetários”.

Segundo Milone, na versão presencial do curso, haveria oficinas temáticas com atividades que podem ser aplicadas no processo ensino-aprendizagem formal, tais como relógio de sol equatorial portátil e determinação dos pontos geográficos, sistema solar em escala, cores das estrelas, universo em expansão, campos magnéticos do sol e medidas da radiação luminosa. “Contudo, em 2021, não ofereceremos tais oficinas temáticas, as quais ilustram atividades didático-científicas práticas.”

Neste ano, pela primeira vez, os inscritos no curso poderão participar de mesas-redondas sobre questões diversas envolvendo o ensino de astronomia e o ensino remoto. “Haverá oportunidade para breves relatos de experiências de ensino de professores em ambientes formais e informais de educação. O tema astrofísica de raios X e gama será apresentado pela primeira vez também. Duas palestras abertas ao público serão oferecidas no Canal do Inpe no YouTube sob os possíveis títulos A vida no contexto cósmico e Astronomia de Ondas Gravitacionais, acrescenta o pesquisador.

Do curso para a sala de aula

A professora de física do Colégio de Aplicação de Macaé (RJ) Nicolle Coutinho, que participou do CIAA em 2018, disse que voltou para casa repleta de conhecimentos e novos parceiros. “Posso afirmar que o CIAA mudou minha história. Tive um grande crescimento profissional por causa das aulas e oficinas oferecidas com altíssima qualidade, por pesquisadores que também são professores, e que conseguiram transmitir o conhecimento de forma séria, em ambiente muito agradável a todos os cursistas.”

Para a professora, os conhecimentos acrescentaram muito em sua atividade docente. “No ensino médio, a astronomia fica, em maior parte, aos cuidados dos professores de física, que é o meu caso. As aulas de astronomia no dia a dia, dadas pelo professor André Milone, me ajudaram a explicar a meus alunos de forma mais simples o movimento da lua em torno da Terra!, destaca a professora. Isso ocorre também quando é chamada para palestras e fala para alunos mais jovens e outros tipos de público.

Nicolle participou das oficinas relógio de sol equatorial portátil e sistema solar em escala, , ambas com interdisciplinaridade com matemática e geometria e diz que transmitiu os ensinamentos aos alunos, reproduzindo com eles as atividades. “Posso afirmar que ir ao CIAA causou em mim novos sonhos, mais vontade de estudar astronomia. Isso se tornou real, e eu estou cursando especialização em ensino de astronomia na Universidade Federal Rural de Pernambuco.”

Além disso, ela afirma que participar do curso ampliou sua rede de contato com professores de todo o país interessados no estudo da astronomia. “Atualmente, mantenho contato com vários professores que conheci no CIAA 2018, com quem já tenho parcerias nas atividades de divulgação da astronomia. Hoje, tenho um canal do YouTube chamado Prosa Lunos, criado em abril deste ano. O professor Ivan Batista, meu grande parceiro na direção técnica do Canal, eu conheci no Inpe.”

Em 2017, a professora Nicole foi premiada por motivar alunos na divulgação da astronomia na rede pública de ensino de Macaé. Seu canal no YouTube foi criado para que os alunos estudassem para a 24ª Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica e a 15ª Mostra Brasileira de Foguetes Reais e Virtuais.

Atividades online

O curso online será transmitido apenas para os selecionados por meio da plataforma Webex Meetings em um ambiente virtual privado. Os participantes do CIAA 2021 poderão apresentar suas experiências de ensino nas mesas-redondas. A carga horária é de 25,5 horas, incluídas aulas e atividades como mesas-redondas, apresentações e palestras.

Na versão online, as atividades serão distribuídas por três tardes de duas semanas consecutivas do mês de agosto.

Organizado pela Divisão de Astrofísica do Inpe desde 1998, o CIAA já contou com cerca de 1.200 participantes, entre professores do ensino formal e estudantes de graduação de todas as regiões brasileiras. O curso é ministrado em português.

Fonte: Agência Brasil

Inscrições para o Enem 2021 iniciam em 30 de junho

Saiba o que é solicitado e como realizar a sua inscrição para o exame O início das inscrições para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem)

Pesquisa aponta que mais estudantes pensam em desistir dos estudos

Brasileiros com idades entre 15 e 29 anos somam 43% dos estudantes que já pensaram em abandonar as aulas Divulgada nesta semana, a pesquisa

Evento virtual celebra os 38 anos da UNEB

A Assembleia Legislativa da Bahia (Alba) realizouo um ato virtual na manhã desta quinta-feira, 10, para celebrar o aniversário de 38 anos da

Enem Digital 2021 terá recursos de acessibilidade

Ao todo, serão 101.100 vagas, diz Inep A versão digital do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2021 terá recursos de acessibilidade

Encerra amanhã (11) o prazo para inscrições no Revalida 2021

A aplicação da primeira prova será no dia 5 de setembro, em oito cidades brasileiras Profissionais interessados em se submeter ao Exame Nacional

Superação marca trajetórias de enfermeiros formados com bolsas de

Políticas de inclusão educacional foram a injeção de ânimo de muitos profissionais de sucesso Muito tem se falado nos heróis da pandemia,

Encceja PPL: responsáveis pedagógicos já podem inscrever

Provas serão aplicadas em outubro Ficam abertas até o próximo dia 18 as inscrições para o Exame Nacional para a Certificação de Competências

O prazo de inscrições para o Encceja PPL 2020 está aberto

Provas para o ensino fundamental e médio serão em outubro Está aberto o prazo para inscrição do Encceja PPL 2020 vai até o próximo dia

Eduplay: nova plataforma educativa traz conteúdos audiovisuais para

Iniciativa será lançada pelo MEC nesta segunda (07) Será lançada nesta segunda-feira (07) a plataforma educativa do Ministério da Educação

Você está preparado para o mercado? Conheça as características do

Com as constantes transformações que afetam todas as esferas sociais, o mercado também vem mudando de forma significativa nos últimos anos. A

Nossos Apoiadores: