A mobilização é organizada pela UNE, a UBES e a ANPG e ocorrerá nesta quarta-feira (23).

Estão marcadas para esta quarta-feira (23/9) manifestações estudantis por todo o Brasil contra os novos cortes da educação no orçamento. A ideia é reivindicar a aprovação de um orçamento justo para a educação em 2021. O ato foi convocado pela União Nacional dos Estudantes (UNE), União Brasileira dos Estudantes Secundaristas (UBES) e Associação Nacional de Pós-Graduandos ( ANPG). Em Brasília, o concentração começa às 9h, na Esplanada dos Ministérios.

A mobilização decorre de discordância à proposta de orçamento do Governo Federal que pode fazer um corte de R$ 1,8 bi nas despesas discricionárias nas instituições federais de ensino. Tal ação poderá afetar a adaptação para o retorno das aulas presenciais e o Programa de Assistência Estudantil nas universidades e institutos federais. Na sexta-feira (18/9), a Andifes havia feito esse mesmo alerta.

Além disso, as entidades estudantis reivindicam o respeito à autonomia universitária e da nomeação de reitores e concursados. Também é pauta a instalação da Comissão Mista de Orçamento e uma Comissão-Geral no Parlamento brasileiro para discutir os recursos para a Educação para 2021.

Está marcado um “tuitaço” com a hashtag #SALVEAEDUCAÇÃO às 10h. Em sua conta no Twitter, A UNE está atualizando datas e horários de atos por todo o Brasil:

Fonte: Correio Braziliense

Escolas estaduais poderão ter custos de até R$ 5,3 bilhões com a

Queda de arrecadação de impostos destinados à educação pode agravar ainda mais o cenário, aponta relatório do Instituto Unibanco e Todos

Revalida 2020 tem mais de 16,5 mil inscritos

O número é mais que o dobro registrado na última edição do exame, feita em 2017. Prova serve para validar diplomas de medicina obtidos fora do

Fies: inscrições para vagas remanescentes são retomadas

Há 50 mil inscrições não preenchidas nas edições de 2020 As inscrições para vagas remanescentes do Fundo de Financiamento Estudantil

Professor de matemática vence o prêmio Educador do Ano de 2020

Luiz Felipe Lins, do Rio, foi eleito em seleção que contou com inscrição de projetos de 3.700 educadores. O professor Luiz Felipe Lins, do

Quarta parcela do vale-alimentação estudantil é paga para alunos

Os estudantes da rede estadual de ensino de toda a Bahia já podem realizar compras com a quarta parcela do vale-alimentação, cujo crédito, no

Nasa anuncia descoberta de água em estado líquido na Lua

Descoberta pode ajudar em futuras missões de longa duração O Observatório Estratosférico de Astronomia Infravermelha (Sofia, na sigla em

Monoglotas e alienados? Estudantes brasileiros em 'competência

Relatório com base em questionários do Pisa tenta mensurar 'competências globais' de jovens de 15 anos; professores brasileiros se queixam de

Censo mostra que ensino a distância ganha espaço no ensino superior

Em 2019, as matrículas dos calouros representavam 43,8% do total O Censo da Educação Superior de 2019, divulgado hoje (23) pelo Instituto

Governo regulamenta renegociação de dívidas com o Fies

Medida entra em vigor em 3 de novembro e adesão vai até 31 de dezembro O governo federal regulamentou o programa que permite a renegociação de

Correios e MEC preparam a entrega de 197 milhões de livros

Serão entregues 197 milhões de livros em municípios de todo o país Os Correios e o Ministério da Educação iniciaram hoje (22)

Nossos Apoiadores: