Ainda em fase piloto, até 2023 aproximadamente 216 escolas deverão ser cívico-militares

Visando contribuir para a evasão escolar crescente no ensino médio, as escolas cívico-militares já estão em funcionamento no Brasil no primeiro semestre de 2020. O plano de implementação será gradativo, em que 216 escolas deverão estar atuando nesse modelo até 2023, segundo projeção do Ministério da Educação (MEC). Através do Programa Nacional das Escolas Cívico-Militares, o MEC prevê a destinação de R$ 54 milhões para 54 escolas, sendo R$ 1 milhão por instituição.

Para atender à expectativa do projeto, a segunda etapa de capacitação de profissionais que irão atuar nas escolas cívico-militares começou nessa terça (11). Policiais e bombeiros militares irão frequentar quatro dias de treinamento para trabalhar na gestão das unidades designadas.

A pedagoga Miraildes Santos, atuante na área de educação há 28 anos, trabalha em uma instituição municipal integrante do programa desde julho de 2019 e fala sobre os impactos da militarização. “A mudança foi notória quanto à disciplina dos alunos. Eles permanecem em sala, mesmo com aulas vagas, passaram a respeitar mais os colegas e professores, refletindo na melhoria da aprendizagem deles”, relata.

A coordenadora escolar também revela de que forma ocorreu a interferência dos militares no processo de gerenciamento da escola. “Foram cinco policiais atuando neste processo de Vetor Militar - 1 diretor disciplinar, 1 coordenador disciplinar e 3 tutores militares, que muito nos ajudaram na disciplina e orientação dos alunos. Desta forma foi bastante válido este processo de militarização, sendo que um dos objetivos é o combate à violência e ao uso de drogas”, explica.

Ex-aluna de Colégio Militar, Laiane Ribeiro, 21, fala sobre a importância da instituição para sua qualificação. “Eu sou formada em um sistema militar. Apesar da rigidez e disciplina, eu reconheço que é um ensino diferenciado. Dificilmente encontraria um colégio público que me proporcionasse a infraestrutura e qualidade de ensino ofertada pela instituição militar”, conta a estudante do 4º semestre do curso de Direito.

 

Fonte: Agência Educa Mais Brasil

Instituto Legado seleciona mulheres negras para bolsas em curso MBA

Edital está aberto; as vagas são para formação EAD Em parceria com a Universidade Positivo, o Instituto Legado selecionará três mulheres

Usuários do Fies podem pedir suspensão das parcelas 

Solicitação já pode ser feita por quem estava com os pagamentos em dia. Alunos com atraso devem aguardar. Autor do PL esclarece as principais

Cursos de qualificação profissional têm alta demanda na pandemia

Senai registrou mais de 1 milhão de matrículas em plataforma online A procura por cursos de educação a distância tem aumentado durante a

Escolas municipais do país podem perder até R$ 31bi do orçamento

A estimativa é do movimento Todos pela Educação e do Instituto Unibanco em razão da previsão de uma arrecadação de impostos menor por causa da

Parlamentares debatem Fundeb e desafios da educação no

Votação no Senado foi marcada para a semana do dia 18 Ao participar hoje (4|) de reunião da Comissão Mista do Congresso Nacional que acompanha

Resultado da segunda chamada do Prouni já está disponível

Estudantes devem acessar página do Prouni na internet O Ministério da Educação divulgou hoje (4) as listas dos estudantes pré-selecionados na

MEC prorroga normas para realizações de cursos técnicos em IFs

Em nova decisão, o Ministério da Educação (MEC) autorizou aulas a distância ou a suspensão temporária para atividades de instituições

Ensino Superior, Educação, Educação Superior, Curso à

Matrículas nessa modalidade cresceram 145% Flexibilidade para estudar quando e onde quiser, economia com material didático e transporte, e

Procura por graduação a distância aumenta na pandemia

O Mapa do Ensino Superior no Brasil 2020 apontou crescimento de 145% nas matrículas em cursos de graduação a distância, entre 2009 e 2018. O

Sesab abre processo seletivo com vagas em administração e direito

A Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) irá contratar 30 profissionais das áreas de ciências jurídicas (28) e administração (2)

Nossos Apoiadores: